Death Note: atriz reprisa papel de Misa em novo filme japonês



Nem só de caras novas viverá o novo filme de Death Note, sequência direta do live-action japonês de 2006. Erika Toda, atriz que viveu a personagem Misa Amane na primeira adaptação, está de volta para reencarná-la.
A informação foi confirmada através do hotsite oficial do filme pela Warner, que também adicionou a descrição da personagem como uma “ex-dona” de um Death Note e atriz. Nada do que não saibamos.

atriz caracteriza como a Misa “atualizada”
Dirigido por Shinsuke Sato (Gantz), o filme será a primeira experiência com o futuro da mitologia do mangá original de Tsugumi Ohba e Takeshi Obata, em um enredo que se passa 10 anos após a história que todos conhecem (e, portanto, sem a maioria dos personagens icônicos).
A premissa é trabalhar com a regra dos seis Death Note, nunca antes usada, apesar de ser citada nos quadrinhos. A regra diz que apenas seis cadernos da morte podem operar ao mesmo tempo no mundo humano, tornando um possível sétimo caderno inutilizado.
Os protagonistas serão “sucessores” de L e Light, vivendo em um mundo onde o cyberterrorismo reina dentro de uma sociedade que usa bastante dos avanços da tecnologia. Os dois estarão no meio de uma verdadeira guerra entre os Death Notes existentes na Terra. O elenco inclui Sosuke Ikematsu como Ryuzaki (um detetive mundialmente famoso que será como um sucessor de L na trama), Masahiro Higashide (que foi o Ko no live de Aoharaido e o Hideo de Parasyte) como Tsukuru Mishima (um investigador que é dono de um Death Note) e Masaki Suda (Karma Abane no live de Assassination Classroom), que viverá Yugi Shion, um cyberterrorista que é meio que um “discípulo” de Kira.
Vale lembrar que uma adaptação americana de Death Note também está encaminhada e as gravações devem começar ainda este ano, com direção de Adam Wingard (V/H/S,Você é o PróximoThe Guest) e Nat Wolff (Cidades de Papel) no papel principal.
A sequência japonesa tem estreia marcada no oriente para o dia 29 de outubro.







Postar um comentário

0 Comentários